Agricultura

Exportação de café apresenta aumento significativo

A exportação mundial de café teve um aumento significativo em relação ao ano passado. Dados da OIC  revelam que a exportação do café arábica apresentou um bom crescimento em maio deste ano, enquanto a exportação de robusta mostrou leve queda ao mesmo período de 2016.

Segundo informações recentes da OIC – Organização Internacional do Café, a exportação mundial do produto aumentou em 8,8% comparado ao mesmo período em 2016.

A exportação do mês de maio deste ano totalizou 10,878 milhões de sacas com 6o kg do produto, enquanto ano passado, o registro de embarcação foi de 10,002 milhões de sacas, no mesmo período.

Deste total, 6,915 milhões de sacas se tratam de café arábica, ultrapassando também o registro de exportação  de 2016,  que totalizou 6,004 milhões de sacas. Portanto, comparando 2016 e 2017, arábica apresentou um aumento 15,2% na exportação mundial.

Já, a exportação do robusta em maio deste ano foi de 3,963 milhões de sacas, o que totaliza uma queda de 0,9% em relação à exportação do mês de maio do ano passado, onde embarcaram   3,998 milhões de sacas.

Elevação na exportação do café

Entre outubro de 2016 e maio de 2017,  a exportação mundial do produto apresentou um total de 81,316 milhões de sacas, o que resulta uma elevação de  5%  em relação ao mesmo período anterior, que foi de 77,440 milhões de sacas.

De acordo com um levantamento realizado pela Conab – Companhia Nacional de Abastecimento, a produção de café em 2017 está prevista em 45.563,2 mil sacas. A área total cultivada prevê 2.212,3 mil hectares, divididos em 341,4 mil hectares em formação e 1.870,9 mil hectares  em produção.  A colheita no país atingiu em 44% no dia 27 de junho, segundo levantamento semanal realizado por Safras & Mercado.

Leia também: Safra de trigo no Sul é afetada pelas condições climáticas

Video

Flickr