Plantas medicinais

Conheça os poderes medicinais da Arnica Montana

Com origem das regiões montanhosas da Europa e  Sibéria, não há quem já não tenha ouvido falar na famosa erva: arnica. Conhecida por ser eficaz em tratamentos de dores causadas por impacto, musculares ou ferimentos, a planta tem seu poder de cura cientificamente comprovado. Isso se dá a uma substância presente denominada quercetina, que eleva a resistência da irrigação e vasos sanguíneos, capaz de “desmanchar” os coágulos formados. A arnica também contém inolina, que é a responsável por amenizar a dor causada.

Seu nome científico é a Arnica Montana. Sua utilidade não se limita a curar dores musculares. A planta também é eficaz nos tratamentos de pele, combatendo furúnculos e acne, além de amenizar dores provenientes do reumatismo, tendinite, bursite entre outras.

Contusão muscular

Contusões e lesões musculares: Deposite algumas folhas de arnica em uma garrafa de álcool. Mantenha a mistura em descanso por dez dias.  Após este período, o extrato está pronto para aplicação. Também pode ser usado em picadas de insetos.

Dor de cabeça, reumatismo e inchaço: prepare o chá de  arnica e aplique como compressa no local da dor.  O chá é feito com a quantidade de uma colher de chá da erva em 250 ml de água quente. Utilize o chá também em gargarejos para aliviar a inflamação da garganta.

O gel e pomada da erva para aplicação aliada à massagem, atuando em efeito analgésico pode ser encontrada em lojas de produtos naturais ou farmácias.

É importante lembrar que a arnica não é recomendada para gestantes e em aplicações de feridas expostas.

Leia também: A eficácia do Brócolis no combate à Diabetes

Video

Flickr